14/08/2011

chovia

domingo, nove da manhã,
um homem de fisionomia cansada
(mais ou menos uns setenta anos)
descia do carro -
de banho tomado, cabelo penteado,
ramalhete de flores na mão.
parecia bem. 
foi quando assim, sozinho,
coluna ereta,
entrou no velho cemitério.