01/09/2011

ninguém morreu

sabe,
eu vou guardar
essa pedrinha
na gaveta.
não por vingança
- longe de mim!
quero é comê-la depois
quebrar meus dentes
e desdentado
sorrir sangrando
só pra você