05/08/2013

só isso

tem dias que me sinto só
independente da quantidade de gente 
que está ao meu lado ou meu redor.
simplesmente acordo assim:
desinteressado do mundo,
n'um estado profundo 
de abnegação - 
é engraçado porque quanto mais só me sinto,
mais tenho a impressão de que há uma multidão 
de gente sentindo a mesma coisa. 
ou seja, talvez não estejamos realmente sós, mas
- só - distantes uns dos outros.
e é nesse instante que sinto
que devo sentar e escrever isso:

um manifesto discreto
entre o silêncio
e o grito